terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Luz

Luz que banha o mar,
volta e acende logo aqui
e se vai e toca outro mar
volta e volta e sai
porque brincas
porque mentes
porque me tratas assim?
Sempre fui o teu lar
que te aquietou 
te fez parar de chorar
agora vai e brilha sozinha
sem com minha escuridão se importar
não deixes que seja tarde
e tua luz não mais brilhar
que no meu porto se ache
um farol a iluminar
a luz acende e apaga
faz de si o seu lar
mas não vê que já é hora
de para alto ela olhar
de lá vem o seu brilho
pra lá deve voltar!
Não brilhas sozinha,
pare de brincar
não vê que me parte em pedaços
não entendo onde quer chegar!

Andresa Stradiotto


3 comentários:

  1. Adorei teu blog, tudo muito bonito!
    Seguindo :)

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Muito show, parabéns !

    http://jonathanejonathan.blogspot.com.br/

    abraços
    Caio

    Skype: caiojonathan

    ResponderExcluir