sexta-feira, 28 de junho de 2013

Passagem

De momentos em momentos
Em um estágio de passagem
Tudo em mim muda
Alguém me avisou que seria assim?
Escreveram livros ensinando como crescer?
Pois ontem eu ainda era criança
Ontem tudo era diferente
Tudo em mim mudou
O modo de ver as coisas fáceis
De não ver dor, não guardar rancor.
Pois hoje não sou mais
Vejo-me entre tantos defeitos
Tentando acertar em horas que nem sei o que fazer
São passagens...
De espírito
De alma
De consciência
De sentimentos!
Encontro-me neste medo
Medo do por vir,
De como encarar
Surpresas neste caminho
Pois eu ainda me sinto criança
Não sei o que virá
Não sei como será...
Talvez não seja o futuro
Talvez seja apenas eu mesma
Em não saber controlar
Em não saber conter
Coisas que não sei explicar
Que não sei como lidar!


7 comentários:

  1. Jamais se preocupe com o futuro. Quando chegar o momento, seu bom senso irá lhe guiar...

    ResponderExcluir
  2. Hello dear,

    Now I have Facebook and maybe you want to like my page ?

    https://www.facebook.com/pages/Likethewayidoit/662081887154514?fref=ts#


    Kisses :*

    ResponderExcluir
  3. É um belo poema. Tão verdadeiro que parece ultrapassar a arte e ser bem pessoal. Quem gostaria que o mundo das inocências e sonhos desaparecesse? Ninguém. A vida se torna complexa e exala medo em cada esquina, depois que crescemos. Mas há felicidade em meio às dificuldades. E essa felicidade é a que construímos, dia a dia, com as pedras do caminho. Beijosss

    ResponderExcluir
  4. Olá Andressa!

    Poema reflexivo de exímia profundidade.
    Parabéns!

    Beijos,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Meu anjo


    Meu anjo o seu amor
    Embriaga e encanta
    Um universo de sonhos...

    A bela musa Anjopoesia
    Na beleza que encanta é
    Joia rara de um universo
    Onde nasce a poesia...


    Francis Perot

    ResponderExcluir
  6. NOVO OLHAR SOBRE A MATEMÁTICA, Jornal Beira do Rio, UFPA, Abril 2011,
    www.jornalbeiradorio.ufpa.br/novo/index.php/2011/124-edicao-93--abril/1189-novo-olhar-sobre-a-matematica

    MÁRIO SERRA - ENGENHEIRO, MATEMÁTICO E AMAZÔNIDA, Jornal Beira do Rio, UFPA, Ano XXVIII Nº 120. Agosto e Setembro de 2014,
    http://www.jornalbeiradorio.ufpa.br/novo/index.php/2014/152-2014-08-01-17-25-17/1618-2014-08-04-14-34-28

    ALGUMAS MULHERES DA HISTÓRIA DA MATEMÁTICA E QUESTÃO DE GÊNERO EM C & T.
    http://sitiodascorujas.blogspot.com.br/2013/06/mulheres-na-matematica.html

    CONSTANTINO MENEZES DE BARROS I - MATEMÁTICO QUE LIGA O PARÁ/BR AOS MAIORES CENTROS DO MUNDO E COMPARÁVEL AOS GRANDES ÍCONES DA HISTÓRIA DA MATEMÁTICA (II a V não publicados, disponível por e-mail), (Óbidos-Pa, 19/08/1931, Rio de Janeiro-RJ, 06/03/1983), Ex-Docente UFF e UFRJ,
    www.chupaosso.com.br/index.php/obidos/educacao/2149-vida-e-obra-de-constantino-menezes-de-barros

    PROFESSORA SANTANA: Candidata a Melhor Docente do Ensino Básico Paraense, Blog Chupa Osso, 23 Junho 2013, www.chupaosso.com.br/index.php/obidos/educacao/2453-proessora-santana-candidata-a-melhor-docente-do-ensino-basico-paraense

    SABER MATEMÁTICO E CULTURA INDÍGENA, blogue da AICL, 20 de Setembro de 2011,
    http://coloquioslusofonia.blogspot.com.br/2011/09/saber-matematico-e-cultura-indigena.html

    ResponderExcluir